Peace Tumblr Themes
em dias de calor e solidão quase estanco desenho poemas respiro fundo e catalogo inúteis sensações diana pessoa
voragem

voragem http://wp.me/s2njEQ-voragem

Leva-me. Escuta-me em profundo silêncio

Berro-te. A vida é agora!

Peremptoriamente inconstante. Fluxo feroz.

Amanhã. Ontem. Tempos que inexistem.

.

Leva-me. Enquanto imóvel espero-te.

Como chuva a dividir o céu com o sol.

Dança-me que canto-te

como se tudo fosse verdade.

View On WordPress

namorada

namorada http://wp.me/s2njEQ-namorada

estou aqui te adorando de longe

enredada em silêncios

dando-te chances

redenção

por tudo

que és

fostes

pelas bocas que beijastes

para cada uma de tuas singelas lembranças

.

estou aqui te adorando por dentro

me enredando em teus acordes

acordando em nós

pares de sorrisos paralisados em fotografias

presos em cantares de amor

de predileção

.

eu  rosa

você

jardim de uma só flor

 

View On WordPress

alada

alada http://wp.me/s2njEQ-alada

ouvi tuas asas batendo muito perto

senti intensamente o vento de seu farfalhar

abri os olhos e as vi. Eram inefáveis, grandes

manchadas de furta-cor

.

ouvi-as sacudindo a atmosfera

e na penumbra de meu abajur

belas, relanceavam

.

ouvi tuas asas entre os sons lá de fora

e as vozes que falam em mim

ouvi choro e riso, crianças e pássaros

.

ouvi-as alvoroçadas, intenso temporal

e entre elas,…

View On WordPress

gaza

gaza http://wp.me/s2njEQ-gaza

a paz nada pode fazer por nós

somos apenas transeuntes aleatórios

pré fantasmas aprisionados em muros

em potes de remédio

disputando territórios que a ninguém pertencem

serpentes ilusórias

rastejando em busca dos próprios rabos

.

acabou o sono

acabou o sonho

veja! tudo não passa de montagem

construções encomendadas

pra compor a fita

de toda essa estranheza sem sentido

fatos reunidos num imenso…

View On WordPress

liquescendo

salva-me!

entre teus dentes pintados de tempo

taciturno. Salva-me, agora que estou nua

agora! antes que se faça noite

antes da morte

da morte do amor

antes da interrupção do fluxo de mim

salva-me!

dá-me a mão, respira-me!

enquanto o vento ainda sopra

a favor

.

mundo de esperas, este mundo

mundo das fomes, da solidão

Parcas em pleno ofício

tessitura e corte de incontáveis cordões…

solta tua linha!…

View On WordPress

desvelo

desvelo http://wp.me/s2njEQ-desvelo

eu árvore

alta e dura

composição menina de desamor e incompletudes

a vertigem

a asa

o grito

.

você arte

incontido e nítido

sorriso menino de luto e esperas

o labirinto

o caos

o tudo

.

tudo em desordem

caixas fechadas por dentro

almas em ponto morto

.

eu e meus eruditos significados

um desentranhar de palavras

você paciência de entalhe

pondo ordem no impossível

.

escultor de ilusões

observo-te…

View On WordPress

peremptória

não serei breve

.

estarei em sua janela

eterna

como as nuvens de Quintana

.

a longo prazo

eu bandeira permancerei

apesar de suas escavações

.

então não direi nada

serei apenas chuva

ventilando mais uma

terra alheia

.

a certo prazo

tudo estará neutro

e você acabará

por ouvir

as verdades que não pude dizer

View On WordPress

fogo

fogo http://wp.me/s2njEQ-fogo

o incêndio no posto ao lado

atingiu muito mais

que transeuntes e bombas de gasolina

apesar do que saiu no jornal

em imagens de precisão aleatória

a expressão da morte ficou

nas superfícies dilaceradas

dos homens derretidos na pista

.

o fogo pintou de horror

as caras

as fisionomias

preparou as silhuetas pra outra festa

e levou consigo qualquer possibilidade de reação

.

tudo perdeu o sentido

as…

View On WordPress

simplesmente palavras

by virginia mori

seu toque arrogante

defesa que contra ataca

ironiza a zaga

confunde o árbitro

causa sensação de falta

de jogador fora de esquadro

que profere erros

diferenciações

antagonias

.

corro veloz

marco carreira

mas quase nunca consigo

saltar os fatos    as frustrações

você sempre me vence

e cruza com ares de recorde

a linha de minha tolerância

.

e eu que deveria sorrir

me torno apenas…

View On WordPress

faz de conta

faça de conta

que sou outra

feita de contas

diferente

das não sei quantas

que sou

.

não leve em conta

meus dramas

minhas vozes

minha curiosidade

intermitente

.

faça de conta

que sou outra

leve leviana

isenta

da complexidade do mundo

.

leve em conta

o que sou agora

o que já fui

e os meus sonhos

que viraram contas

coloridas paisagens

de um livro que me desfiz…

View On WordPress